5 insights do RD Summit para o mercado de comércio exterior

O que é o RD Summit?

O RD Summit é o maior evento de marketing digital e vendas da América Latina. Em 2019, foram 3 dias de evento em Florianópolis que reuniram profissionais de diferentes áreas para trocar conhecimento e conectar ideias.

Eu não sou da área de marketing e tecnologia. O que eu tenho a ver com o RD Summit?

TUDO! Não é só o mercado de tecnologia e marketing que deve se atualizar e inovar.

A Royal Cargo foi em busca de aprimorar suas competências para trazer o que há de mais inovador no mercado para o dia a dia.

Especialistas compartilharam estratégias de como se comunicar no LinkedIn para passar credibilidade até como gerar vendas com uma publicação no Instagram.

O raio facilitador já foi lançado! Queremos mais cabeças pensando e menos dedos apertando botões. Mesmo quem possui atividades operacionais precisa atuar de forma analítica e estratégica dentro de uma empresa.

5 profissionais do time de tecnologia, vendas e marketing em frente ao painel para fotos do evento RD Summit.
Time de tecnologia, vendas e marketing no RD Summit 2019.

Os times de tecnologia, marketing e vendas da Royal Cargo assistiram as palestras, participaram de experiências e conversaram com profissionais de diferentes mercados durante 3 dias e, agora, iremos te apresentar as tendências para business que absorvermos do RD Summit e que aplicaremos nas nossas estratégias em 2020:

Vamos falar de negócios! O que nos espera em 2020, de acordo com o evento?

1. Comunique seu propósito com clareza

Seja além de um CNPJ: humanize sua marca!

Todos os dias, você realiza um milhão de pequenas tarefas em busca de algum objetivo. Comunique o propósito do que você quer para si e para a sua empresa.

Temos que explicar para o cliente qual é a mudança que queremos para o mundo. – Carlos Fuchs, Commercial Director da Royal.

Num universo tão tecnológico, se destaca quem vê além das máquinas, por isso, comunique-se de humano para humano.

Na Royal Cargo, nosso propósito macro é promover a acessibilidade ao conhecimento, principalmente, a respeito do comércio exterior. Todos nós atuamos para que isso aconteça, mas cada um possui um propósito individual, como criar ferramentas tecnológicas para que a empresa tenha mais transparência com o cliente ou implementar técnicas de comunicação que permitam falas mais assertivas entre as equipes no dia a dia.

Reflita, pesquise, discuta e defina o propósito do seu trabalho. Acredite: vai ser mais fácil e prazeroso vir para o escritório todos os dias para fazer algo acontecer.

2. Confie nos dados

“Chega de apertar botão! ” é o novo lema. A tecnologia existe para facilitar a minha, a sua, a nossa vida.

Geramos mais e mais dados a cada segundo, mas o que realmente importa é o que vamos fazer com eles para simplificar as tomadas de decisão. – Sigmundo Preissler Junior, Data Cientist da Royal.

Afinal, tecnologia é indispensável, mas o futuro são as soluções que as pessoas criam para resolver problemas. Essas soluções são máquinas que otimizam tarefas, e por mais que muitos de nós acabem sentindo que foram substituídos, essas tecnologias estão realizando um trabalho para que você possa, apenas e somente, usar sua cabeça para pensar.

Busque soluções para que você possa utilizar o melhor das pessoas na sua empresa: o senso crítico e a capacidade analítica. Confira um exemplo que implementamos!

3. Colaborador feliz = cliente feliz

Acredite ou não, mas só a tecnologia não vai resolver todos os problemas do mundo. O contato humano, o olho no olho e a conversa ainda são os recursos mais valiosos que existem!

A forma como estruturamos os nossos relacionamentos refletem, diretamente, nos resultados no final do mês. – Lea Galvão, Marketing Analyst da Royal.

Tudo começa com a experiência do colaborador dentro da empresa. Outro motivo para o seu propósito estar claro tanto para seu público externo (seus clientes) e seu público interno (seus colaboradores).

As pessoas que você lidera aprendem algo novo todos os dias? Sentem-se confortáveis para expressar sua opinião e se posicionar sobre um assunto? Entendem o propósito da empresa e lutam por ele como um time? Se a resposta para alguma dessas perguntas for “não” ou “talvez” é melhor repensar as estratégias de comunicação com os seus colaboradores. Afinal, colaborador feliz = cliente feliz. Aqui tem um exemplo de ação de endomarketing que promovemos esse ano.

Não confunda as coisas! Você não precisa fazer um happy hour toda semana para mostrar para a sua equipe que se importa com ela. É muito mais válido observar que alguém não está legal e chamar para uma conversa, ou, perceber que alguma demanda não consegue ser finalizada e questionar o time sobre como você pode ajudar e do que eles precisam para fazer isso acontecer.

4. Fidelize seu cliente: ensine ele a fazer o que você faz

Parece loucura, mas é importante entender que serviços de baixo custo tem aos montes, mas empresas que se importam em compartilhar conhecimento com os seus clientes são poucas!

Pensar no seu consumidor como um ser humano que quer aprender e quer conectar, permite que você estruture conteúdos com o objetivo de educar o seu cliente a respeito do que você vende e do seu mercado.

Assim, seu público vai enxergar mais valor no seu produto! Ele aprende como é feito o serviço e ainda prefere te contratar porque sabe que a sua empresa é confiável e competente.

Aqui na Royal, disponibilizamos conteúdo gratuito na internet com o objetivo de simplificar o comércio exterior porque não queremos que as pessoas entendam o nosso negócio como algo complexo e impossível de entender. Queremos comunicar, de um jeito simples, cada passo da nossa rotina – e, assim, criamos uma relação de transparência com quem investe tempo e confiança na gente.

Presença da Royal Cargo no RD Summit 2019.

5. Busque o sucesso do seu cliente SEMPRE!

A prática de Customer Success (CS) é confundida com atendimento ou relacionamento, mas não é nada disso. É uma cultura que deve ser liderada por uma equipe de especialistas, mas todos na empresa precisam atuar no Sucesso do Cliente!

Cada ponto de interação com a empresa, do café da recepção até o e-mail de confirmação de venda, é relevante para garantir um consumidor feliz. – Robson Maia, IT Supervisor da Royal.

É necessário entender e adaptar suas práticas ao o que o cliente quer e precisa, mas, entenda: se um consumidor não tem nada a ver com o seu negócio, não adianta insistir – uma estratégia de CS não será efetiva com alguém que não está buscando o que você oferece.

Business de sucesso em 2020: FEITO!

Absorvemos muita informação do RD Summit e nossa principal conclusão foi: vá e faça!

A dica principal para ter um business de sucesso é: atualize-se e adapte-se! Sem isso, nenhum negócio anda. Lembre-se que uma boa ideia é uma ideia em ação. O segredo está em colocar em prática, e, para isso, esteja em movimento. Sempre. – Arlon F. Pereira, Intelligence of Business Director da Royal.

Reprodução de RD Summit.

As áreas de marketing e tecnologia criam e identificam tendências, e é essencial ficarmos antenados para manter o nosso negócio em destaque e fechar cada vez mais parcerias, simplesmente, porque as pessoas sabem que somos atualizados e confiam no nosso trabalho.


Quer saber mais? Leia:

Case de evento: Royal Flipping Minds e como dominar o mundo.

Intermodal: fomos ao maior evento de logística do mundo!


Escrito por: Liz Rafaela Borba

Graduanda de Comunicação Social com Habilitação em Publicidade e Propaganda e especialista em Produção de Conteúdo. Posteriormente, atuou no mercado de varejo e de educação e, hoje, é a Criadora de Conteúdo e Redatora Trilíngue da Royal Cargo do Brasil. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *